• Webinar

    16 a 24 de Junho

    Etnografia em Serviços de Saúde
    Passado, Presente e Futuro


    Saber mais

  • ETHICHO

    Coreografias ético-ontológicas: Formas de objetivação e avaliação do embrião humano in vitro no contexto da Procriação Medicamente Assistida e da Investigação Científica - PTDC/SOC-SOC/29764/2017.

Apresentação do Projeto

Breve apresentação do projeto

Este projeto pretende analisar e compreender como especialistas e leigos concebem o embrião humano in vitro, criado no âmbito da aplicação das técnicas de procriação medicamente assistida (PMA) e, por vezes, também utilizado em investigação científica (IC). Embora tanto políticos como cientistas tenham depositado grandes expectativas na biomedicalização, persiste ainda um hiato ao nível do conhecimento entre especialistas e leigos, para além de alguma resistência social face a essas tecnologias. O estudo está focalizado nas diferentes formas de objetivação, avaliação e circulação de significados acerca dos embriões criopreservados, consoante o seu destino. Propomos uma perspetiva de investigação inovadora para esclarecer as dificuldades e dilemas enfrentados tanto pelos indivíduos ou casais que recorrem às técnicas de reprodução assistida, como pelos profissionais de saúde (médicos e biólogos) no exercício das suas atividades diárias em PMA e IC. A pesquisa baseia-se numa combinação de metodologias quantitativas e qualitativas para recolha de dados: inquérito por questionário, entrevistas semidiretivas e observação etnográfica.

Instituições de Acolhimento

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH), através do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (CICS.NOVA).